sábado, 17 de setembro de 2011

A maravilhosa ciência do Hatha Yoga

Olá queridos amigos,

Mais uma vez podemos verificar e conhecer um pouco mais do Yoga nesta oportunidade.

Sejam bem vindos!


Uma onda de curiosidade acerca do yoga tem, nos últimos tempos, chamado a atenção do homem ocidental. É como se o Ocidente descobrisse o Oriente, tendo como consequências e benefícios a abertura de novos horizontes, novas perspectivas, novas esperanças e até novos remédios.

O Yoga é uma arte milenar presente na humanidade desde os primórdios da civilização, iniciando-se na Índia arcaica e se espalhando inicialmente por todo Oriente antigo, até que milhares de anos depois podemos desfrutar e conhecer esta arte aqui no Ocidente.

A palavra Yoga vem da raiz sânscrita Yuj, cujo significado é precisamente jugo, junção, união, comunhão, integração... Exatamente o que desejamos!
O homem não é , infelizmente, uma unidade e sim um desastroso conflito, uma guerra interior incessante. Não tem paz. Não tem força. Unificar-se, tornando-se um todo harmônico, é seu destino superior. É isso que o Yoga nos possibilita!

O Hatha Yoga tem por sua tradução literal "Yoga do Sol e da Lua" Ha = Sol, Tha = Lua, tendo por objetivo o aperfeiçoamento do corpo e da mente e a utilização das imensas potencialidades que dormem no homem e que ele desconhece. O corpo humano tem vida porque é animado por essas duas correntes energéticas, semelhantes à corrente elétrica, que se opõem: a do Sol, ou Ha e a da Lua, ou Tha. Diz-se que reina a perfeita saúde quando elas se mantêm equilibradas, então o corpo se torna um cosmo.

A Hatha Yoga é uma forma de terapia porque, introduz ordem na desarmonia, isto é, porque corrige desequilíbrios, porque transforma caos em cosmo. Vitalizando o sistema nervoso central, estimulando a função das glândulas e do funcionamento dos tecidos, a Hatha Yoga é um método de medicina natural, de rejuvenecimento e também de repouso.

"Das várias modalidades do Yoga, a Hatha Yoga é aquela que polindo a taça do corpo, vira-a de boca para cima, à espera de que o Licor Divino venha enchê-la; que, limpando as vidraças do corpo, permite que a Luz o penetre; que, lavando a alma das enfermidades e fraquezas, faz o diamante do espírito refletir o Sol Infinito" (Profº Hermógenes)

Portanto podemos nos beneficiar desta arte milenar com nossa prática e empenho nos estudos, para que possamos conquistar a cada dia um novo melhoramento pessoal e subir com mais facilidade a escadaria da evolução.

*Convido à todos para que venham conhecer o Hatha Yoga e desfrutar desses tantos benefícios aqui descritos!

Namastê

OM SHANTI SHANTI SHANTI !

Bruno Scatena

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Respiração correta para a prática

Olá,

estou aqui mais uma vez para comentar à respeito de uma ação biológica do corpo humano importantíssima para o bom funcionamento do mesmo para a vida e para nossas práticas de Yoga! A respiração!!!

A respiração é um processo biológico que o organismo humano realiza para fazer as trocas gasosas necessárias para obtenção de energia e manutenção geral do sistema inteiro.
Essas trocas gasosas ocorrem basicamente em nossos pulmões e são acionadas pela entrada do ar ou inspiração e pela saída do ar ou expiração respectivamente desde nosso nascimento.

Para se ter um exemplo da importância que a respiração tem para nossas vidas, tente ficar alguns dias sem comer, o organismo humano consegue ficar de 7 à 10 dias (dependendo do caso) sem consumir água potável, e consegue permanecer até 40 dias (isso mesmo!) 40 dias sem comer nada!!! ( sem falar na possibilidade de alimentação através da luz do Sol, que já é outro assunto....rsrsrs). Então podemos ver que se prender-mos a respiração por alguns minutos já não conseguimos durar muito...O recorde mundial de apnéia esta em 7 minutos e alguns segundos!!! É muito pouco comparando com 40 dias sem comer não é ???

Portanto podemos dizer que a respiração é a principal função de manutenção da vida!
Sabemos que existe o Prana ou energia vital que é estudada na filosofia do Yoga, porém não vamos entrar nesses detalhes por enquanto, somente quero dizer um pouco a respeito da importância dessa função orgânica e como se aplicará em nossos exercícios...

Primeiro precisamos aprender a respirar! Sim isso mesmo... você realmente acha que sabe respirar não é?

Então responda as seguintes perguntas com honestidade:

1) Quando você inspira o ar, qual parte do seu tronco se expande para frente?
a- Tórax
b- Abdóme

2) Ao inspirar e expirar, vc o faz:
a- Pela boca
b- Pelo nariz

Se por acaso você respondeu alguma questão com a letra A, você ainda não sabe respirar da maneira correta!!!

*Esses são apenas elementos básicos de uma respiração correta, portanto ao inspirar o ar devemos fazê-lo pelo nariz e com expansão do abdóme e ao expirar devemos fazê-lo também pelo nariz e não pela boca como muitas pessoas fazem, e com a retenção do abdóme.
Essa é a maneira correta de respirar!

Você não imaginava que com a idade que tem, e com todas as escolas e faculdades que possa ter estudado, você iria começar à aprender a respirar agora não é?

Pois bem, parece que voltamos ao jardim da infância, pois é exatamente por aí... rsrs
Ao iniciar a prática do yoga corretamente, vemos que não conhecemos muita coisa de nós mesmos realmente, mesmo que já tenhamos imaginado isso!!! A prática nos faz sentir essa realidade.....

Assim respirando corretamente podemos ter uma prática de Yoga mais plena e correta, com o fluxo da respiração ajustado acompanhando o fluxo sanguíneo que durante a prática é acionado com bastante vivacidade, trazendo energia renovada para todo o corpo!

Junte esse fluxo respiratório com a concentração mental durante o exercício acompanhando e observando as mudanças e benefícios sentidos durante a prática e pronto! Você já está trancendendo a prática de Yoga de um nível apenas físico para um nível de integração Mente e Corpo! Obtendo grandes benefícios com isso...

Sem falar dos exercícios respiratórios que fazem parte das práticas fortemente, como pranayamas por exemplo, porém esse comentário ficará para uma futura postagem OK! =)

Assim, podemos ver que o conhecimento de si mesmo é um dos principais estudos do Yoga e acompanha toda a filosofia desta milenar prática!

Portanto, bons estudos!

Yogar

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Se preparar para praticar Yoga!



Olá, este é meu primeiro post, espero que gostem! (Yogar)

Muitas pessoas iniciam a prática sem haver preparado o alicerce que fará com que possam efetivamente aproveitar as técnicas. Elas podem por momentos achar que fizeram grandes progressos mas na verdade pode acontecer que nem sequer tenham conseguido se preparar para começar.

Portanto iniciarei tratando deste assunto que é de suma importância para a prática do yoga clássico.

O primeiro passo é obter uma boa orientação de um guru ou mestre em yoga ou mesmo um Yogui ou uma Yoguini como podem ser chamados. Assim seu início no Yoga estará bem estruturado em um alicerce importantíssimo, que é a fonte dos ensinamentos transmitidos por uma pessoa capacitada.

O segundo passo é se "livrar temporariamente"(deixar de lado temporariamente) de possíveis pré-conceitos, julgamentos, ensinamentos mal formados e ensinamentos paralelos à respeito do Yoga, pois eles podem atrapalhar a sua iniciação à prática verdadeira do Yoga. Assim você poderá desfrutar a mágica sensação de ser um iniciante sem qualquer base de informação e limpar seus pensamentos para que os ensinamentos do verdadeiro Yoga possam ser recebidos com tranquilidade e dentro do tempo certo!

Esses são os primeiros passos na direção do conhecimento do verdadeiro Yoga!

Mas você deve estar se perguntando:

- E as posturas(Ásanas), bandhas, kriyas, pranayamas, etc....??? Onde começo??? Cadê???

E eu lhe pergunto:

Yogar: Você realmente leu os dois primeiros passos?

Você: "SIM!!! CLARO"

Yogar: Tem certeza?

Você: "ABSOLUTA"

Pois bem, está provado então que você ainda não leu meu post com atenção!!!

Para que você possa desfrutar do verdadeiro ensinamento do Yoga é necessário que se "livre temporariamente" (deixar de lado temporariamente) dos ensinamentos mal formados ou paralelos que não tem início, meio ou fim, sem ordem ou regra, sem conciência ao serem transmitidos, sem base verdadeira, sem prudência, sem objetivos puros, sem conhecimento, sem capacidade de realizar mudanças verdadeiras no praticante, e que por fim, são apenas distrações e desvios ao iniciante no Yoga!!!

Procure examinar o melhor caminho para seguir no Yoga, ele determinará que base de sustentação você terá para evoluir na prática!

Depois disso poderá verificar se as informações que possuia anteriormente ao início da prática eram verdadeiras e se servem para você. Se servirem pegue-as de volta rápido antes que se percam! =)

Estão dadas as minhas primeiras dicas amigos!

*** "Quanto mais se avança na prática do Yoga, mais aumenta a sua auto-exigência." (Yogar)

Abraço e até a próxima!

Yogar